Metrô de Sobral começa a operar em fase experimental nesta quarta, 22

Terá início nesta quarta-feira, 22 de outubro, o funcionamento em fase experimental, do Metrô de Sobral, com abertura das estações às 8h e fechamento ao meio-dia, de segunda a sexta-feira. O funcionamento assistido permitirá aos usuários conhecer as estações, o percurso das linhas e para os testes do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Na fase inicial o Metrô de Sobral operará com dois trens. Um deles fará o percurso da Linha Grendene, que parte da Estação Cohab III até a Estação Novo Recanto. O outro trem fará a Linha Sumaré, partindo da Estação Cohab II em direção à Estação Sumaré. As duas linhas se cruzam na Estação de Integração Coração de Jesus, de onde os passageiros podem embarcar para as estações de uma das duas linhas.

Após a fase experimental, o Metrô de Sobral passará a fazer parte do Sistema Integrado de Transportes do Município de Sobral (SISTRANS). Pagando uma única tarifa o usuário poderá utilizar os dois modais (ônibus e trem) com mais conforto e agilidade no  transporte urbano de Sobral.

Com 13,9 quilômetros de extensão, o Metrô de Sobral terá cinco trens operando nas duas linhas e possui 12 estações. Os VLTs contam com ar-condicionado, movimentação bidirecional e capacidade de transportar, aproximadamente, mil passageiros.

Vejas as estações que formam as duas linhas do Metrô de Sobral:

Linha Sumaré (7,2km e 6 estações): Cohab II, Dom Expedito, Boulevard do Arco, Coração de Jesus, Dom José e Sumaré. Seu traçado contorna o centro da cidade, ligando os bairros Cohab II, no extremo leste, ao bairro Sumaré, no oeste.

Linha Grendene (6,7km e 6 estações): Novo Recanto, Grendene, Alto da Brasília, Junco, José Euclides e Cohab III. Liga o Pólo Industrial da Grendene à Cohab III, passando pelos bairros do Junco e Terrenos Novos. As duas linhas se cruzam na Estação de Integração Coração de Jesus.