Milei propõe taxar estrangeiros que estudam de graça na Argentina

O presidente da Argentina, Javier Milei, propôs como uma das medidas para combater a inflação no país e equilibrar as contas públicas taxar alunos estrangeiros que estudam em universidades argentinas.

A medida visa estudantes formados e com residência temporária na Argentina, incentivando o retorno deles aos países de origem.

Em resposta às medidas, o presidente da Colômbia, Gustavo Petro, informou, em uma publicação na rede X (antigo Twitter), que o governo repatriará 20 mil colombianos que estudam gratuitamente na Argentina;.

“Eles foram literalmente expulsos desse país [da Argentina], para eles não houve a chamada ‘liberdade’. Vamos trabalhar para que eles sigam com seus estudos na Colômbia sem grandes obstáculos e também gratuitamente”, escreveu o presidente colombiano.

Segundo o jornal argentino La Nación, o país tem 117,8 mil estudantes de outros países matriculados no ensino superior, representando 4,3% do total de alunos em faculdades na Argentina. Desses, 95,9% são latino-americanos.

Na Universidade de Buenos Aires, uma das mais prestigiadas da Argentina, os emigrantes em cursos de graduação compõem 9,5% do total de estudantes. Nos cursos de pós-graduação, representam 16,5%. Os dados são de 2021.

Ainda de acordo com o jornal, o número de estrangeiros tem crescido no país. Desde 2015, a porcentagem duplicou.

Fonte: Metrópoles

 

8 Comentários
  1. Stephenmow Diz

    mexico drug stores pharmacies: cmq pharma – mexican drugstore online

  2. LarryFlich Diz

    pin up giris: pin up azerbaycan – pin up az?rbaycan

  3. Marcotub Diz

    best india pharmacy: Online India pharmacy – indian pharmacy indiapharm.llc

  4. Brucetag Diz

    doxycycline generic: generic doxycycline – doxycycline prices

  5. Bobbycog Diz

    http://cytotec.icu/# cytotec pills online

  6. Ricardo Cristiano Diz

    Seu artigo é realmente impressionante! Apresenta um
    conteúdo valioso. Parabéns pelo trabalho extraordinário!
    Nota 10.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.