Mulher da golpe de R$13,2 milhões em idoso sobrevivente do Holocausto

No estado da Flórida, nos Estados Unidos, uma mulher de 36 anos foi condenada a mais de quatro anos de prisão após aplicar um golpe em um idoso de 87 anos que sobreviveu ao Holocausto. A valor desviado ultrapassa US$ 2,8 milhões, o equivalente a R$ 13,2 milhões.

A sentença que condenou Peaches Stergo foi divulgada nessa quinta-feira (27/7). De acordo com informações divulgadas pela Justiça, a mulher utilizou as economias do idoso para bancar viagens luxuosas, comprar um barco e carros de luxo, além de custear as despesas para morar em um condomínio fechado.

Além de consumir as economias do idoso, os repasses forçaram ele a vender o próprio apartamento. Enquanto isso, Peaches Stergo gastava milhares de dólares em refeições caras, joias e roupas das grifes de luxo mais conhecidas do mundo. A Justiça também enfatizou a compra de moedas e barras de ouro com a quantia.

De acordo com o procurador Damian Williams, a mulher enganou um idoso que estava procurando por companhia. “Ela usou os milhares de dólares obtidos com golpe para viver uma vida de luxo às custas da vítima”, disse.

Além da condenação à prisão por quatro anos e três meses, a mulher terá que pagar uma restituição pelos prejuízos de mais de U$ 2,8 milhões.

Fonte: Metrópoles

 

1 comentário
  1. colospa bez recepty w Krakowier Diz

    Thanks, this site is extremely useful. lamictal zonder bijwerkingen

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.