Não é 64: dá para torturar democracia com Congresso, Supremo, com tudo

Mesmo que o Governo Bolsonaro respeite a Constituição, sem recorrer a qualquer rompimento institucional ostensivo, há outras formas de torturar horrivelmente a democracia brasileira

Deixe uma resposta