Nestlé planeja retirar canudos e embalagens plásticas de seus produtos

A Nestlé planeja eliminar os canudos de plástico de todos os seus produtos. A multinacional de alimentos suíça, com forte atuação no Brasil, disse que a partir de fevereiro começará a usar materiais alternativos para substituição dos canudos. A empresa informou, ainda, que pretende lançar embalagens de papel para os produtos Nesquik no primeiro trimestre de 2019. A companhia planeja também eliminar todos os plásticos não recicláveis ou de difícil reciclagem de seus produtos entre 2020 e 2025, por meio do uso de materiais alternativos para as embalagens. A informação é da Dow Jones Newswires. A Nestlé não faz isso por ser boazinha e se preocupar com o meio ambiente. Mudanças como essa são imposições de um consumidor cada vez menos tolerante com produtos pouco saudáveis e com embalagens que não são facilmente assimiladas pela natureza. Esse comportamento ganha dimensão cada vez maior no planeta. Até os saquinhos dos supermercados estão com os dias contados. Em Fortaleza, a Órbita Blue, barraca de praia na Praia do Futuro frequentada por muitos jovens, já serve refrigerantes e coquetéis sem o canudo, a não ser que o cliente peça. Mesmo assim, explica-se ao cliente os motivos da resistência ao canudo plástico.
Desde grandes corporações, como Starbucks e McDonald’s, passando pelo Rio de Janeiro e pela Escócia, muitos elegeram os canudos como o primeiro vilão do meio ambiente a ser combatido. Ao chamar a discussão para os canudos plásticos, a expectativa dos ativistas ambientais é que os consumidores se conscientizem e deixem de utilizar outros materiais de uso único, como sacolas e garrafas – que são responsáveis por índices de poluição maiores. Por Fábio Campos, no Focus.jor

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta