North Shopping promove reunião sobre o transporte público em Sobral

O North Shopping Sobral promoveu na última quinta-feira, 12, uma reunião para debater a situação do transporte público em Sobral, que não atende de forma devida às necessidades dos empreendimentos situados ao seu entorno.

Estiveram presentes o Gerente Operacional do Shopping, Antônio Peixoto, a Gerente Comercial, Márcia Oliveira, e a Gerente de Marketing, Lílian Moura. Além da gerência do Shopping a reunião contou com a presença do empresário da Faculdade Luciano Feijão, Lúcio Feijão, o Gerente do Assaí Atacadista, Atevaldo Rodrigues, e o Presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Sobral, Hudson Hélio Soares. A Secretária de Arquitetura Urbanismo e Meio Ambiente de Sobral, Gizella Gomes, e a Vereadora Cristiane Coelho também estiveram presentes representando a Prefeitura de Sobral.
“A necessidade desta reunião surgiu devido a demanda que temos aqui no North Shopping Sobral com a falta de transporte público para atender os trabalhadores que aqui atuam e os nossos clientes”, iniciou o debate Antônio Peixoto.
Atualmente, Sobral conta com uma linha, com quatro ônibus, que realizam a rota Cohab II/Centro/Dom Expedito, linha que passa pelo Shopping mas não consegue atender a demanda local nem chegando próximo ao Assaí Atacadista. “Não possuímos transporte público para os nossos funcionários e clientes. Somos a única unidade da rede Assaí com esse problema. Tivemos a necessidade de fretar um ônibus para os funcionários que permanecem na loja após às 22h”, relatou o Gerente do Assaí, Atevaldo Rodrigues.
Os trabalhadores e clientes que precisam de acesso aos empreendimentos da área contam com o serviço de taxis e mototaxis que fazem a rota pela área. “Ainda temos o problema com os taxis e mototaxis inflacionados, que cobram o valor que querem para realizarem a corrida e ainda se negam a levarem o passageiro a um lugar mais distante”, salientou a Gerente Comercial do Shopping, Marcia oliveira.

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Sobral, Hudson Hélio Soares, relatou a dificuldade que os trabalhadores têm com o acesso aos empreendimentos localizados na região. “São diversos assaltos. Os trabalhadores estão sendo abordados durante a travessia da ponte, pois precisam fazer o deslocamento a pé por falta de transporte”, reforçou.

Prefeitura de Sobral

Segundo a Secretária Gizella Gomes, atualmente o transporte público de Sobral atende apenas 40% da cidade, mas é uma das prioridades do Prefeito Veveu Arruda.  Gizella ressaltou que o Governo Federal  destina verba para transporte público apenas para cidades que possuem mais de 500 mil habitantes. “Felizmente em Sobral conseguimos quebrar esse paradigma do número de habitantes e vamos conseguir implementar o novo projeto de mobilidade urbana da cidade em médio prazo”, disse.
A Secretária salientou que com o novo projeto os habitantes de Sobral não precisarão caminhar mais de 300 metros para chegarem às estações de metrô ou pontos de ônibus. Além disso, as linhas de ônibus estarão interligadas às estações, garantido melhor mobilidade à população. A Secretária adiantou que três empresas de ônibus já estão interessadas em participar do processo licitatório para o novo projeto. “É um processo longo que ainda está em planejamento, mas acredito que no segundo semestre estaremos implantando o projeto”, reforçou Gizella.
Algumas opções provisórias foram apresentadas para serem colocadas em prática até o projeto ser implantado, como por exemplo, estender o horário da linha de ônibus até às 23h, ou buscar uma parceria com os mototaxistas.

A Vereadora Cristiane Coelho sugeriu que as empresas realizassem um levantamento das demandas de seus funcionários, mapeando os bairros onde residem e a necessidade de transporte para cada área. Uma nova reunião ficou agendada para os próximos dias.