ONG Biodiversidade promove em Ipu a “1ª Trilha de São Sebastião”

Foto tirada por Petinha Lira do bairro dos Pereiros em Ipu
Com o intuito de desenvolver o eco turismo na cidade de Ipu com instrumentos “de ação” correspondem àqueles que têm ação pró-ativa, atuando de forma preventiva e permitindo aos atores interessados no processo de atividade de natureza a ONG Biodiversidade promove na manhã desse domingo (27) a 1ª Trilha de São Sebastião.
Os participantes percorreram um percurso de quase 7 Km de trilha que incluiu subidas e descidas na famosa “Trilha da Lasca da Velha ou Ladeira de São Sebastião” ao todo 23 pessoas participaram do evento promovido pela ONG Biodiversidade que contou ainda com o apoio da iniciativa privada.
Segundo o coordenador do evento, Marcos Sampaio, da ONG, o percurso têm trechos de leve e moderada dificuldade. Foram feitas algumas paradas estratégicas e ao longo do caminho foram plantadas duas mudas de árvores nativas da região. ” A Ibiapaba tem fonte de riquezas como recurso natural e, por outro, fantástico cenário para a prática de esporte de natureza com importância para desenvolvimento econômico; local no âmbito do projeto de visitação monitorada para a organização do evento denominado I Trilha de São Sebastião.” ressalta Sampaio.
Uma das paradas estratégicas foi no local conhecido como “Pedra do Descanso” penhasco que fica no meio do grande paredão da cuesta (serra) onde se é possível ter uma visão privilegiada, não somente da cidade de Ipu como de toda a região. “Muito bonito, valeu a pena enfrentar toda essa caminhada para poder chegar aqui” comenta uma das participantes.
Participantes descansando no “Pedra do descanso”
O coordenador do CVT de Ipu, Cícero Jerônimo, ex-secretário de meio ambiente do município e um dos participantes da trilha, chama atenção para a preservação do meio ambiente. “Umas das coisas que mais impressiona a gente quando chega aqui nesse período pré invernoso, é quando o verde da serra desce para o sertão”
O Projeto “Trilha de São Sebastião”, como atividade de educação ambiental, e esportiva, utilizando como base de conhecimentos os dados provenientes da história da cidade de Ipu; tenta promover a integração do esporte natureza, promovendo o fortalecimento do esporte, proporcionado um local adequado para o desenvolvimento sustentável do povo desta forma transformando a realidade societal dos ibiapabanos.

Próxima com data marcada
Uma próxima aventura de trilha está marcada para o próximo dia 17 de Março (Domingo) o destino dessa vez é a “Trilha do Corrente”. Inscrições com Marcos Sampaio.