Operação contra o desmatamento ilegal aplica R$ 2,4 milhões em multas no Ceará

Foram fiscalizados áreas nos municípios de Cruz, Acaraú, Trairi, Paraipaba e Itarema, onde cerca de 567 hectares foram embargados.

Fiscalização aponta desmatamento ilegal no Ceará — Foto: MPCE/Divulgação

Aumentou de R$ 1,5 milhão para R$ 2,4 milhões o total de multas aplicadas no Ceará pela Operação Mata Atlântica em Pé, que buscou flagrantes contra o Meio Ambiente em diversos estados do país. Realizada de 10 a 14 de setembro, a operação fiscalizou 26 pontos no Ceará definidos a partir de imagens de satélite.

Foram fiscalizados áreas nos municípios de Cruz, Acaraú, Trairi, Paraipaba e Itarema, onde cerca de 567 hectares foram embargados por confirmação de desmatamento ilegal. As ações resultaram em 12 autos de infração.

Com o encerramento da operação, o Ceará teve o 3º maior valor de multas aplicadas, ficando atrás apenas de Minas Gerais com R$ 5,1 milhões e do Mato Grosso do Sul com R$ 4,9 milhões. Nos país, o valor total das multas aplicadas subiu de R$ 12 para R$ 20 milhões, com a fiscalização de 517 propriedades.

“Apesar do sucesso da operação, é com imensa tristeza que verificamos que quase 10% do total de desmatamento foi encontrado no Ceará e isto é motivo de grande preocupação para o Ministério Público e demais órgãos fiscalizadores. Este é um percentual elevado e esperamos realizar novas fiscalizações para coibir irregularidades”, disse a promotora de Justiça Jacqueline Faustino, coordenadora do Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caomace).

Projeto Mata Atlântica em Pé

DadosNúmeros
Polígonos fiscalizados26
Número de Municípios abrangidos5 (Cruz, Acaraú, Paraipaba, Itarema e Trairi)
Hectares desmatados confirmados567,84 hectares
Autos de Infração12
Valor total de multas aplicadasR$ 2.446.000,00
Termos de embargo11
Autos de prisão em flagranteZero
Apreensão de lenha, madeira, veículos, maquinários etc5 aves silvestres (cativeiro irregular)
Total de áreas desmatadas e embargadas, por município (ordem decrescente): Cruz, Itarema, Acaraú e Paraipaba252,56 ha, 151,12 ha, 24,10 ha e 5,9 ha, respectivamente
Município com maior área desmatadaCruz (252,56 ha)

Deixe uma resposta