Os concursos mais aguardados para 2017

Falta pouco mais de um mês para terminar o ano e só aumentam as expectativas sobre os concursos que estão previstos para 2017. São diversos órgãos que se programam para selecionar milhares de servidores para os seus quadros de pessoal.

Como a defasagem de pessoal é grande em diversos órgãos, as vagas aguardadas para o próximo ano são para todos os níveis de escolaridade e com salários até R$ 17.288,65.Confira:

Correios

É grande a expectativa para que os Correios (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – ECT) realizem o aguardado concurso anunciado em 2011. O processo seletivo deve contemplar oportunidades de nível médio para diversos Estados.

De acordo com a assessoria de imprensa da estatal, “com relação ao concurso público, o dimensionamento da força de trabalho não foi concluído e somente após a conclusão desses estudos será possível identificar a real necessidade de efetivo para realização de um novo certame”. Ou seja, somente após a análise da carência de pessoal é que a ECT poderá definir mais detalhes da seleção.

Ministério da Fazenda

O Ministério da Fazenda (MF) é um dos diversos órgãos do Poder Executivo que tem o objetivo de abrir concurso público, mas que, para isso, depende de autorização da parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

Em maio deste ano, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, solicitou 847 vagas. Das oportunidades, 787 eram para assistente e 60 para analista.

As chances de assistente se destinam aos candidatos com nível médio completo. O salário atual corresponde a R$ 3.756,82, contando com o auxílio-alimentação de R$ 458.

Com relação ao emprego de analista, este aceita profissionais com formação superior completa em diversas áreas de atuação. A remuneração vigente é de R$ 4.969,02, incluindo o benefício de alimentação.

Ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho reencaminhou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) o pedido de realização de concurso para 847 vagas de auditor-fiscal do trabalho. Em 2014, o MPOG encaminhou ao Ministério do Trabalho uma nota, na qual informava que concederia o provimento de 847 vagas para o cargo no decorrer dos próximos três anos, ou seja, até 2017. Apesar dos cortes orçamentários anunciado pelo Governo, é grande a expectativa para que o aval seja liberado em breve, pois o órgão sofre com uma grande defasagem de auditores. A carreira exige formação superior e o salário atual é de R$ 16.201,64.

Polícia Federal

A PF conta com um concurso em pauta para o preenchimento de 558 vagas para os cargos de delegado e perito, que aguarda apenas liberação de verbas por parte do Ministério do Planejamento. Porém, mesmo caso sancionada a valorização dos servidores, a carência é muito maior, em decorrência de outras áreas que também apresentam defasagem funcional.

Segundo a proposta, serão abertas 491 vagas para a carreira de delegado e 67 para peritos. Para concorrer a perito é necessário possuir curso de nível superior em áreas específicas e para delegado, superior em Direito, com pelo menos três anos de atividade jurídica ou policial, comprovados na data da posse. A remuneração inicial oferecida para os dois cargos é, atualmente, de R$ 17.288,65.

Polícia Rodoviária Federal

Embora o MPOG tenha devolvido para o órgão o pedido de autorização do concurso para o preenchimento de 1.500 vagas no cargo de policial rodoviário, a corporação constituiu, recentemente, um grupo de trabalho para elaboração de um novo edital de concurso, ainda sem data definida para publicação. Para concorrer é necessário possuir nível superior em qualquer área de formação e carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração é de R$ 7.167,91, com jornada de 40 horas semanais.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta