Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras de Sobral completa 15 anos

Ao todo, mais de 50 mil sobralenses já foram atendidos pelos diversos cursos oferecidos pelo equipamento fundando no ano 2000. Além das aulas de  informática, inglês e espanhol; o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras também oferta vagas para os laboratórios de biologia, química e física. São 2 mil alunos por semestre, sendo que estudantes da rede municipal têm acesso gratuito às turmas.

Com material didático de ponta, salas climatizadas, com equipamentos modernos, recursos audiovisuais e cerca de vinte alunos por turma, a instituição proporciona aos estudantes as devidas condições para o desenvolvimento do aprendizado. Atendendo ao ideal para o qual foi criado, “Um palácio para a educação dos filhos dos trabalhadores”, conforme afirmou o então Prefeito Cid Gomes, no dia da inauguração.

Ítalo Souza, formado nos cursos de informática e inglês e cursando o de espanhol, representou o Estado do Ceará no Programa Jovens Embaixadores de 2012, iniciativa da Embaixada Americana, que proporciona alunos a brasileiros da rede publica de ensino, com excelente desempenho escolar, idade entre 15 e 18 anos e boa fluência oral e escrita em inglês, uma viagem de 3 semanas aos Estados Unidos.

 “O Palácio vai além de formar pessoas fluentes em inglês e espanhol, ou capazes de usar um computador e resolver problemas de química e física, ele tem a missão de socializar. Foi o que aconteceu comigo. Eu não tinha uma visão de crescimento, de entrar na universidade, de falar uma segunda língua. Aqui, pegaram na minha mão e me guiaram, me mostraram que eu era capaz”, comemora Ítalo.

Desde o começo, o objetivo do projeto era dar acessibilidade a “um artigo de luxo, que é o aprendizado de uma língua estrangeira”, conta o coordenador pedagógico do Palácio, professor Norberto Junior. “Oferecemos um complemento à formação profissional dos alunos, e a qualidade é nosso diferencial”, concluiu.

Mais informações: 3611-2025