Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde aponta que mais da metade da população está acima do peso

A obesidade vem aumentando no Brasil, segundo a pesquisa realizada pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018, divulgada na manhã desta quarta-feira (25). Os dados mostram que o índice de brasileiros com excesso de peso passou de 42,6% para 55,7%. A relação teve aumento de 30,8% desde 2006, quando o Ministério da Saúde começou a realizar a pesquisa. (Fonte: g1.globo.com)

A nutricionista Luma Monteiro explica que uma das maneiras de saber se o peso está adequado a altura é calculando o IMC (Índice de Massa Corporal). O cálculo é feito através do peso dividido pela altura ao quadrado e a partir daí há uma classificação:

– de 18, 5 a 24,9 é considerado normal;

– de 25 a 30 é considerado sobrepeso;

– e acima de 30 é considerado obesidade.

“O problema de estar acima do peso não é o fator estético, mas o fator de doenças crônicas não transmissíveis e o risco cardíaco. Então, a gente precisa acordar e dizer que isso não é bom,” alerta Luma Monteiro.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta