Pílula anticoncepcional engorda? Saiba as melhores opções para cada caso

Os anticoncepcionais além de evitar a gravidez possuem outras funções benéficas para as mulheres, como a prevenção da acne, tratamento da endometriose, ovários policísticos, e outros. Mas, por outro lado, a medicação pode causar alguns efeitos colaterais como a retenção de líquidos e simultaneamente o inchaço corporal.

Existem indicações médicas sobre os anticoncepcionais que evitam o acúmulo de líquido no organismo e combatem a sensação de inchaço. A formulação ideal são as pílulas com baixa dosagem de estrogênio e progesterona.

O anticoncepcional adequado ao seu organismo será definido pelo médico. Portanto, ao notar inchaço ou qualquer desconforto deve imediatamente consultar o especialista. Na realidade o anticoncepcional não engorda como algumas mulheres costumam falar, mas aumentam a retenção hídrica, tornando-se um incômodo para saúde e estética.

Ajuda a regular o ciclo menstrual

O incômodo do ciclo menstrual irregular pode ser combatido com os anticoncepcionais. O portal de saúde feminina, Trocando Fraldas, explica que a medicação ajuda a regular o ciclo, desde que consumida de forma regular (diariamente) e em horários fixos. Se a mulher esquecer, tomar em dias intercalados ou horários diferentes, o método não trará resultados quanto à regulação do ciclo, que vai prosseguir atrasando.

Anticoncepcional ajuda a prevenir a acne?

Algumas mulheres possuem dosagens altas de hormônios androgênicos, o que causa algumas características masculinas, como excesso de pelo e principalmente, a acne. As pílulas mais indicadas para tratar esses casos são as que possuem potencial antiodrogênico, pois ajudam a inibir a ação do hormônio masculino. Compostos a base de ciproterona e progesterona são ótimas indicações presentes em alguns anticoncepcionais, como Diane, Selene, Artemidis e outras opções.

Trata a endometriose e ovários policísticos

A pílula anticoncepcional faz parte do tratamento da endometriose e desperta bastante dúvida. Afinal, qual a melhor alternativa? O uso de anticoncepcionais combinados e com indicação médica irão contribuir durante o tratamento da complicação uterina. Fórmulas com estrogênios e progesterona ajudam a inibir a produção dos hormônios e controlar os sintomas da doença. O mesmo vale para os ovários policísticos.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta