Polícia localiza casa utilizada como base de apoio para criminosos antes de chacina em Ibaretama, no Ceará

A casa utilizada como base de operações para os envolvidos na chacina que deixou sete pessoas mortas e uma ferida em Ibaretama, no Sertão Central do Ceará, foi encontrada pela polícia. A informação foi divulgada logo após a prisão de dois suspeitos identificados como os irmãos Francisco Victor Azevedo Lima, de 20 anos, e Kelvin Azevedo Lima, de 26 anos.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no local os autores da chacina tiveram abrigo, receberam alimentação dos comparsas e tinham acesso ao sinal de wifi da residência. 

Ainda segundo o órgão, Francisco Victor, sem antecedentes criminais, e Kelvin Azevedo, com passagens pela polícia por uso de drogas, teriam informado que foram ameaçados pelos suspeitos para realizar as funções primárias de apoio aos criminosos. No entanto, as investigações iniciais apontam que não houve nenhum tipo de coação para a participação de ambos. Eles foram autuados em flagrante por homicídio logo depois de serem encaminhados para a Delegacia Regional de Quixadá.

Sete mortos

As sete vítimas da chacina já foram identificadas: Eduardo de Lima Silva, 19 anos, Luana Melo da Costa 19 anos, Osvaldo da Silva Lima 24 anos, Wellington Lima Silva 17 anos, Francisco Gabriel Pereira da Silva 15 anos, Edinardo de Lima Silva 18 anos e Willian da Silva Rodrigues, 6 anos. 

Segundo relatos iniciais, o crime foi registrado na madrugada de quinta-feira (26), quando homens encapuzados entraram em uma residência no distrito de Pedra e Cal se passando por policiais. No local, eles ordenaram que as vítimas se ajoelhassem e começaram a atirar.

Fonte: G1.globo

Deixe uma resposta