Procissão do Fogaréu atrai fiéis após dois anos suspensa pela pandemia

A Procissão do Fogaréu atraiu dezenas de pessoas à cidade de Reriutaba-CE na madrugada desta quinta-feira (14). A tradição, que é feita a vários anos, ficou suspensa por dois anos devido à pandemia do coronavírus.

Organizado todo ano pela Liga Ecoar (ONG), a procissão e a população caminham pelas principais ruas de Reriutaba. Esse ano a procissão realizou uma homenagem também ao idealizador da Liga e da procissão, o professor Maquinele, vítima da COVID-19 no ano passado.

 

Procissão do Fogaréu

O ritual simboliza a procura e a prisão de Cristo. Homens encapuzados, os farricocos, que representam os soldados romanos, carregam as tochas enquanto um coro entoa cantos em latim.

O estandarte com a imagem de Jesus é carregado por um dos farricocos, simbolizando sua captura. A cerimônia dura cerca de uma hora.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.