Produção industrial cearense cresce em julho

Após três meses consecutivos de queda, o índice de evolução da produção da indústria cearense registrou alta em julho, mostrando que o setor começa a apresentar sinais de recuperação após os efeitos da greve dos caminhoneiros. É o que mostra a Sondagem Industrial deste mês, pesquisa elaborada pelo Núcleo de Economia e Estratégia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com a pesquisa, o índice registrou 52,8 pontos. Resultado acima da linha divisória de 50 pontos mostra aumento da produção industrial na comparação com junho.
Já o indicador de Utilização da Capacidade Instalada retornou ao patamar observado no período anterior à greve dos caminhoneiros, apesar de ainda sinalizar que o setor industrial opera com capacidade instalada abaixo do usual para o mês. Por sua vez, os estoques de bens industriais situaram-se conforme o volume planejado para julho e não foi observada variação relevante no número de empregados alocados na produção.
No que concerne às expectativas, as projeções dos industriais cearenses sinalizam cenário de crescimento ao longo dos próximos seis meses referente à demanda por produtos manufaturados, à compra de matérias-primas e às exportações. No entanto, não há perspectiva de expansão no quadro de funcionários do setor industrial ao longo desse período.
O índice de intenção de investimentos do Ceará assinalou 56,7 pontos em agosto, correspondendo a um crescimento de 4,4 pontos em comparação ao mês anterior. Apesar do acréscimo, o indicador situa-se bem abaixo do ideal para a expansão da capacidade produtiva da indústria.
A alta capacidade ociosa do parque industrial e o cenário de incerteza macroeconômica e política para os próximos meses configuram-se como os principais fatores desestimulantes para a realização de investimentos na esfera produtiva cearense.
Confira a pesquisa completa AQUI.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta