Profissionais de Saúde do Ceará recebem gratificação pela atuação no combate a pandemia

Os profissionais de saúde que atuam diretamente na linha de frente da pandemia de Covid-19 no Ceará passaram a receber, desde o início de março e com validade até o fim do ano, a Gratificação de Incentivo às Atividades Especiais (Giate). 

O aumento na remuneração também beneficia profissionais não médicos de cooperativas que atuam na linha de frente no combate à pandemia, como técnicos de enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas.

Para as categorias médicas, o Estado celebrou contratos Covid com adicional de risco para aqueles profissionais que permanecem em contato contínuo com os pacientes.

O benefício entrou em vigor no dia 1º de março, após o secretário de saúde do Estado, Dr. Cabeto, assinar portaria autorizando a gratificação para servidores públicos que desempenham Serviços Especializados de Saúde (SES) e Atividades Auxiliares de Saúde.

Conforme a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), está em análise, ainda, a antecipação das promoções do interstício de 2019 a 2020 para junho deste ano. O pagamento estava previsto para abril de 2022. A medida representará um acréscimo de R$ 2,62 milhões mensais no orçamento em 2021.

Deixe uma resposta