Programa CNH Popular Ceará 2021 é lançado; saiba como se inscrever

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE). Do total ofertado, 20 mil serão destinados aos municípios do interior do Ceará e 5 mil para a Capital.

No início nesta tarde, o site do Detran começou a apresentar instabilidadeSegundo o órgão, o setor de Tecnologia da Informação (TI) está trabalhando para identificar o problema. Ainda não há previsão de quando o acesso deve ser normalizado.

QUEM TEM DIREITO À CNH POPULAR NO CEARÁ?

CRITÉRIOS PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA

  • Beneficiários do programa Bolsa Família.
  • Pessoas com deficiência.
  • Egressos do Sistema Penitenciário.

CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS:

  • Número de habitantes.
  • A cidade possuir autarquia de trânsito ou ter processo/pedido aberto de municipalização do trânsito local.
  • Número de veículos registrados x de pessoas habilitadas.

COMO SE CADASTRAR

Após entrar no site do Detran-CE, é preciso clicar na opção “habilitação” e depois em “CNH popular”. Em seguida, escolhe o formato de acesso (primeira habilitação); informa o CPF e confirma. Um formulário aparece em seguida onde devem ser preenchidos os dados do candidato.

A seguir, é preciso anexar os documentos como comprovante de residência, identidade, NIS e o CPF. Após confirmação do cadastro, o pedido será analisado por uma comissão e o andamento do processo pode ser acompanhado pelo site.

Conforme o governo do Estado, o número de ofertas de CNH Popular representa um recorde de distribuição em um só ano. Foram quase 140 mil documentos desde o começo do programa estadual.

No fim de agosto, o governador comunicou por meio das redes sociais o retorno da iniciativa no segundo semestre deste ano.

COMO FUNCIONA 

O programa Carteira de Motorista Popular foi criado em 2009. Ele permite o acesso de pessoas de baixa renda à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) gratuitamente.

O programa vale para a primeira habilitação nas categorias A (moto) ou B (automóvel). Quem se habilita na categoria A recebe um capacete, garantido através da Lei Nº 15.931 de dezembro de 2015.

Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.