Putin promete apoiar a Coreia do Norte contra os Estados Unidos

Kim Jong Un e Vladimir Putin devem se encontrar na Coreia do Norte

O presidente russo, Vladimir Putin, prometeu nesta terça-feira (18) aprofundar os laços comerciais e de segurança com a Coreia do Norte e apoiá-la contra os Estados Unidos, enquanto se dirigia ao recluso país com armas nucleares pela primeira vez em 24 anos.

Os EUA e os seus aliados asiáticos estão tentando perceber até onde irá a Rússia em apoio ao líder norte-coreano Kim Jong-un, cujo país é o único que realizou testes de armas nucleares no século 21.

Num sinal de que a Rússia, um membro com poder de veto do Conselho de Segurança das Nações Unidas, está reavaliando toda a sua abordagem à Coreia do Norte, Putin elogiou Pyongyang por resistir ao que ele disse ser pressão econômica, chantagem e ameaças dos EUA.

Num artigo publicado pela mídia estatal norte-coreana, Putin elogiou o “camarada” Kim e prometeu “resistir em conjunto às restrições unilaterais ilegítimas”, para desenvolver o comércio e fortalecer a segurança em toda a Eurásia.

“Washington, recusando-se a implementar acordos previamente alcançados, apresenta continuamente exigências novas, cada vez mais rigorosas e obviamente inaceitáveis”, disse Putin no artigo, impresso na primeira página do Rodong Sinmun da Coreia do Norte, o porta-voz do Partido dos Trabalhadores no poder.

“A Rússia sempre apoiou e continuará a apoiar a RPDC e o heroico povo coreano na sua oposição ao inimigo insidioso, perigoso e agressivo.”

Putin observou que a União Soviética foi a primeira a reconhecer a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), fundada pelo avô de Kim, Kim Il Sung, menos de dois anos antes da Guerra da Coreia de 1950.

A mídia estatal norte-coreana também publicou artigos elogiando a Rússia e apoiando suas operações militares na Ucrânia, chamando-as de “guerra sagrada de todos os cidadãos russos”.

A visita de Estado de Putin ocorre em meio a acusações dos EUA de que a Coreia do Norte forneceu “dezenas de mísseis balísticos e mais de 11 mil contêineres de munições à Rússia” para uso na Ucrânia. A Coreia do Sul, um forte aliado dos EUA, levantou preocupações semelhantes.

A Casa Branca disse na segunda-feira (18) que estava preocupada com o aprofundamento do relacionamento entre a Rússia e a Coreia do Norte. O Departamento de Estado dos EUA disse estar “bastante certo” que Putin procurará armas para apoiar a sua guerra na Ucrânia.

Moscou e Pyongyang negaram transferências de armas, mas prometeram reforçar os laços militares, possivelmente incluindo exercícios conjuntos.

A Rússia deverá superar toda a aliança militar da Otan na produção de munições este ano, então a viagem de Putin provavelmente visa sublinhar a Washington o quão perturbadora Moscou pode ser numa série de crises globais.

A Rússia vetou em março a renovação anual de um painel de peritos que monitora a aplicação das sanções de longa data das Nações Unidas contra a Coreia do Norte devido aos seus programas de armas nucleares e mísseis balísticos.

Acordo de parceria

O conselheiro de política externa de Putin, Yuri Ushakov, disse que a Rússia e a Coreia do Norte podem assinar um acordo de parceria durante a visita que incluiria questões de segurança.

Ele disse que o acordo não seria dirigido contra nenhum outro país, mas “delinearia perspectivas para uma maior cooperação”.

A visita incluirá discussões individuais entre os dois líderes, bem como um concerto de gala, recepção de Estado, guardas de honra, assinaturas de documentos e uma declaração à mídia, disse Ushakov, segundo a agência de notícias russa Interfax.

O ministro da Defesa russo, Andrei Belousov, o ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, os ministros dos recursos naturais, da saúde e dos transportes, os chefes da agência espacial russa e suas ferrovias, e o representante de Putin para a energia, o vice-primeiro-ministro Alexander Novak, farão parte da delegação.

Antes da visita, a Coreia do Norte parece estar se preparando para uma possível parada militar no centro de Pyongyang, mostraram imagens comerciais de satélite.

A reunião representa a maior ameaça à segurança nacional dos EUA desde a Guerra da Coreia, disse Victor Cha, um antigo oficial de segurança nacional dos EUA que agora trabalha no Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais.

“Esta relação, profundamente enraizada na história e revigorada pela guerra na Ucrânia, mina a segurança da Europa, da Ásia e da pátria dos EUA”, escreveu ele num relatório na segunda-feira.

Ele pediu que Washington trabalhe com a Europa e outros parceiros para aumentar a pressão econômica e diplomática sobre Pyongyang, envolva-se com a China e lance uma grande campanha de direitos humanos e informação para inundar o Norte com meios de comunicação externos.

A Coreia do Norte está sob sanções da ONU devido aos seus programas de mísseis balísticos e nucleares desde 2006, e essas medidas foram reforçadas ao longo dos anos.

O Conselho de Segurança está dividido sobre como lidar com Pyongyang.

A Rússia e a China dizem que mais sanções não vão ajudar e que os exercícios militares conjuntos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul apenas provocam Pyongyang. Há dois anos, vetaram uma iniciativa liderada pelos EUA para impor mais sanções da ONU à Coreia do Norte devido aos seus novos lançamentos de mísseis balísticos.

Washington e os seus aliados asiáticos acusam Pequim e Moscou de encorajarem a Coreia do Norte, protegendo-a de mais sanções.

Depois da Coreia do Norte, Putin visitará o Vietnã de 19 a 20 de junho.

Fonte: CNN

8 Comentários
  1. RichardPayof Diz

    purple pharmacy mexico price list mexican pharmacy online mexican drugstore online

  2. Williamtum Diz

    buying prescription drugs in mexico: Mexico pharmacy that ship to usa – mexico drug stores pharmacies

  3. RichardPayof Diz

    mexican rx online medicine in mexico pharmacies buying prescription drugs in mexico online

  4. JeffreyFAIPS Diz

    https://northern-doctors.org/# medicine in mexico pharmacies

  5. JeffreyFAIPS Diz

    https://northern-doctors.org/# mexico drug stores pharmacies

  6. RichardPayof Diz

    mexican pharmaceuticals online mexican northern doctors medication from mexico pharmacy

  7. RichardPayof Diz

    mexican rx online mexican mail order pharmacies п»їbest mexican online pharmacies

  8. LarryFlich Diz

    pin-up casino giris: pin up yukle – pin up

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.