Quatro mil crianças e jovens de Fortaleza e Sobral são beneficiados com o projeto Esporte Superação

“Participar do Esporte Superação tem me ajudado muito. Abriu a minha mente para novas oportunidades e desafios e, inclusive, me abriu portas para fazer um curso de Administração que eu queria muito”, relata Eliane Miranda, 21 anos, praticante de capoeira e residente no bairro Bom Sucesso, em Fortaleza. “Antes, eu vivia no celular e no videogame. Agora, estou fazendo karatê e isso está me ajudando muito no relacionamento com os amigos e na escola, e na minha concentração. Estou curtindo demais participar desse projeto”, acrescenta o garoto Daniel Ruan Moura Bandeira, 11 anos, morador do bairro Parque Santana, também na Capital.

Daniel e Eliane são dois dos quatro mil jovens participantes do Esporte Superação, projeto desenvolvido pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), em parceria com a Federação de Triathlon do Ceará (Fetriece). Atualmente, o Esporte Superação é realizado em 70 comunidades de Fortaleza e outras 14 de Sobral.

“O foco desse projeto é a socialização, integração e a superação de desigualdades sociais, a partir do esporte e lazer. Ao mesmo tempo que oferta essas novas possibilidades, o projeto trabalha conceitos de cidadania e de formação dessa juventude”, destaca a secretária-executiva de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Lia Gomes. O projeto oferece 20 modalidades esportivas, além de promover atividades recreativas, lúdicas e complementares, com jogos e campeonatos entre os grupos.

“O Esporte Superação é, hoje, uma família. É um veículo de transformação para os nossos jovens”, retrata Ricardo Luz, professor de capoeira do Projeto, no bairro Bom Sucesso. “Por meio do esporte, os jovens aprendem a respeitar o outro, a ter disciplina e a se relacionar mais e melhor com os colegas da comunidade, além de melhorar o preparo físico e o desempenho escolar”, complementa a professora de karatê, Natália Rolim, no bairro Parque Santana.

“Esse é realmente um projeto que vem transformando a vida de milhares de pessoas no Ceará”, avalia a coordenadora da Fetriece, Janaína Malveira. Entre as 20 modalidades mais disputadas pela juventude estão futebol de campo, society, de areia e futsal, voleibol, basquetebol, handbol, capoeira, jiu-jitsu, judô, boxe, muay thai, kickboxing, karatê, ciclismo, corrida de rua, duathlon, triathlon, natação, atividade funcional, dança, ritmos e ballet.

- Advertisement -

Deixe uma resposta