Senado | Críticas e defesa de Cid e Dilma marcam debate na TV O Povo

Os quatro candidatos à vaga cearense no Senado – Tasso Jereissati (PSDB), Mauro Filho (Pros), Geovana Cartaxo (PSB) e Raquel Dias (PSTU) – participaram ontem, no Grupo de Comunicação O POVO, do primeiro debate para o Legislativo nestas eleições. No centro da discussão, os governos Cid Gomes (Pros) e Dilma Rousseff (PT), que viraram alvo de incisivos ataques e defesas entre os concorrentes. Embora o tom tenha sido de cordialidade na maior parte do programa, a temperatura subiu quando Tasso foi para o centro dos questionamentos.
Mauro Filho perguntou por que o tucano é contra a presidente Dilma. “Não sou contra ninguém, sou contra atual governo do PT, que está levando o País à bancarrota”, respondeu Tasso. Na réplica, Mauro defendeu o que chamou de “governo dos trabalhadores”, e foi confrontado, na tréplica, com uma ironia do ex-senador. “Infelizmente os publicitários da presidente Dilma ainda não lhe viram falando, porque seria contratado para ser garoto propaganda do programa do PT”, disse.
O tucano – que participava ontem de seu primeiro debate desde que foi eleito governador pela primeira vez, há 28 anos – também foi confrontado pela candidata Raquel Dias, que apontou o fato de ele ter a segunda maior fortuna declarada entre os candidatos no Brasil e Indagou se sua dita “independência” na campanha não viria do fato de ele ser “chefe de si mesmo”. “Por esse patrimônio é que eu me considero mais independente ainda”, afirmou ele. Geovana Cartaxo, por sua vez, lembrou, em forma de crítica, que o ex-senador é a favor da redução da maioridade penal. “Essa é a diferença entre mim e o senhor”, disse ela.
Em outra frente, o ex-secretário da Fazenda do governo Cid e membro da base aliada de Dilma no Ceará, Mauro Filho, teve de responder a críticas relacionadas à educação, segurança pública e exportações do Estado. “Pretendo reduzir impostos para empresas que vão receber dependentes químicos”, disse Mauro à Geovana Cartaxo.
Em resposta a Tasso – que o havia questionado sobre a “estagnação” das exportações no Ceará e sobre os tratados comerciais nacionais que privilegiariam países da América do Sul, em prejuízo ao Porto do Pecém –, Mauro afirmou que o Ceará tem a primeira Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do País e destacou ações do governo Cid para ampliar as exportações cearenses.
A candidata do PSTU, Raquel Dias, criticou, dentre outros temas, o modelo de grandes obras do governo Cid e o projeto de transposição do rio São Francisco, do Governo Federal. Já Geovana recriminou modelo de desenvolvimento regional do Governo do Estado. “O governo que você defende fomentou a construção de estradas e o mercado automobilístico. O modelo é consumista”, disse ela, a Mauro Filho.

Com informações do Jornal O Povo

- Advertisement -

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.