Sobe para 16 o número de açudes sangrando no Ceará

O Ceará tem 16 açudes sangrando neste sábado (16), de acordo com informações do Portal Hidrológico da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

açude Germinal, em Pacoti, voltou a sangrar após as chuvas desta madrugada. Antes dele, o Tijuquinha, localizado em Baturité, também havia atingido sua capacidade máxima. Ambos são das bacias hidrográficas da Região Metropolitana de Fortaleza, região que acumula cerca de 56% da capacidade hídrica.

O volume total dos reservatórios monitorados pela Cogerh atingiu a marca de 41% da capacidade. No início da quadra chuvosa esse percentual era de 37%.

Volume das bacias

As bacias do Litoral, Acaraú e Coreaú, na porção norte do Ceará, são as mais confortáveis atualmente, com mais de 80% de acumulação. Por outro lado, as regiões hidrográficas do Curu, Médio Jaguaribe e Sertões de Crateús, seguem em alerta, com volumes abaixo de 30% da capacidade.

Outros 44 açudes seguem com volumes abaixo dos 30% da capacidade.

  1. Acaraú Mirim
  2. Arrebita
  3. Caldeirões
  4. Cauhipe
  5. Forquilha
  6. Gerardo Atimbone
  7. Germinal
  8. Itaúna
  9. Patos
  10. Santa Maria de Aracatiaçu
  11. Santo Antônio de Aracatiaçu
  12. São Pedro Timbaúba
  13. São Vicente
  14. Tucunduba
  15. Tijuquinha
  16. Gangorra

Situação dos principais açudes 

O Castanhão, maior reservatório do país, tem atualmente 25% da sua capacidade, conforme a Cogerh; e o Orós, segundo maior do estado, 52%. Já o Banabuiú se encontra com 37%.

Fonte: G1 CE

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.