Suspeito de cometer homicídio em Sobral é preso pela Polícia Civil

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), da Delegacia Regional de Sobral cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem suspeito de cometer um homicídio em julho deste ano, no bairro Dom Expedito – Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Estado. A captura aconteceu nessa terça-feira (11). Um adolescente de 14 anos, investigado por ter participado do crime, já havia sido apreendido em flagrante.

De acordo com investigações realizadas pelos policiais civis, Francisco Raimundo Duarte Eufrásio (38), vulgo “Chinês”, sem antecedentes criminais, é suspeito de envolvimento no homicídio que vitimou Francisco George Balbino da Silva (37), ocorrido em julho deste ano. A vítima estava em uma calçada quando foi surpreendido por disparos de arma de fogo efetuados por dois homens em uma motocicleta. Na época, outra duas pessoas foram atingidas pelos tiros, mas foram socorridas com vida.

Ao tomar conhecimento do fato, a Polícia Civil da região iniciou as investigações e conseguiu apreender, na semana posterior ao crime, um adolescente de 14 anos que confessou, em depoimento, a sua participação. Já Francisco Raimundo foi localizado e preso, nesta terça-feira (11), em sua residência no bairro Sinhá Sabóia, em Sobral.

Diante dos fatos, Francisco Raimundo foi conduzido para uma unidade policial, onde o mandado em desfavor dele foi cumprido. Ele responderá por homicídio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo, corrupção de menores e por integrar uma organização criminosa. O adolescente, que já se encontra recolhido em uma instituição socioeducativa, responderá a um ato infracional análogo ao crime de homicídio e organização criminosa. Ambos se encontram à disposição da Justiça.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número (88) 99261-3471, que é o Whatsapp do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP), por onde podem ser feitas denúncias via mensagem. O sigilo e o anonimato são garantidos.

- Advertisement -

Deixe uma resposta