Taxa de gravidez na adolescência em Sobral atinge o menor índice dos últimos anos

Sobral atingiu, no ano de 2023, o menor índice de gravidez na adolescência desde 2010. A porcentagem de adolescentes entre 10 e 19 anos que deram à luz no município no ano passado foi de 7,93%, totalizando 209 nascimentos.

A queda no índice de gravidez na adolescência reflete as ações concretizadas no município, como a realização de mais de 87 oficinas nas escolas sobre saúde sexual e reprodutiva para adolescentes. Além disso, foi implantado em setembro de 2008 pela Secretaria da Saúde, o Projeto Flor do Mandacaru, que tem como objetivo ser um espaço de escuta, atendimento e reflexão para conversas relacionadas às questões de sexualidade, saúde sexual e reprodutiva de adolescentes de 10 a 19 anos.

A gerente da Estratégia Trevo de Quatro Folhas, Flora Lia, destaca a importância  das estratégias interdisciplinares para alcançar a marca. “A taxa de gravidez na adolescência é um problema de saúde pública devido a elevados riscos à saúde materna e fetal. Para nós, que fazemos parte da Estratégia Trevo de Quatro Folhas, atingir esse índice anual foi um marco, consequência de um trabalho interdisciplinar e transversal, desenvolvido pelo Projeto Flor do Mandacaru, em parceria com a educação, com a assistência social, com a cultura e esporte, com a segurança e com a saúde”.

Estatísticas nacionais e internacionais evidenciam impactos negativos significativos da gravidez precoce sobre o desenvolvimento educacional na adolescência, dificultando a inserção das jovens mães no mercado de trabalho, resultando na manutenção do círculo vicioso da pobreza e no aumento das desigualdades no mercado de trabalho. Além disso, a jovem grávida tem sua infância abruptamente interrompida, uma educação reduzida e perda de oportunidades.

Fonte: Secretaria da Saúde de Sobral

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.