Adolescente é morta a facadas e jogada em cisterna

Corpo de uma adolescente, identificada como Anna Carolina Silva, 15 anos, foi encontrado na cisterna de um imóvel

 

O corpo de uma adolescente foi encontrado dentro de uma cisterna no bairro Jardim Paquetá, em Planaltina de Goiás, na noite dessa quinta-feira (6/6). Anna Carolina Silva, 15 anos, estava desaparecida havia 10 dias. O cadáver da jovem apresentava ferimentos no pescoço, possivelmente causados por facadas. Ela também teve as mamas, uma perna e uma de suas mãos cortadas. A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) não precisou se essas partes do corpo foram completamente arrancadas ou se tinham apenas ferimentos.

O principal suspeito do crime é um homem de 63 anos, que manteve um relacionamento amoroso com a vítima nos últimos 40 dias. Ele é dono do lote onde o corpo da garota foi encontrado. O suspeito foi preso e conduzido pela Polícia Militar de Goiás (PMGO) à central de flagrantes de Formosa, Entorno do Distrito Federal.

O homem confessou o crime e disse que adolescente teria ameaçando matar as filhas e a ex-mulher dele. Segundo o suspeito, a vítima teria dito que continuaria frequentando o imóvel onde ele morava, para ficar com parte do bem e extorqui-lo. O suspeito também comentou que a menina foi até sua casa em 28 de maio, com outro homem, informando que iria para outro estado, que pegaria alguns pertences e o denunciaria caso ele a proibisse.

No dia seguinte, a jovem voltou ao imóvel e acabou dormindo no sofá da casa. Temendo que ela cumprisse as ameaças, ele esfaqueou a adolescente, utilizou o forro do sofá para cobrir o corpo e jogou a vítima dentro da cisterna que havia no terreno da casa.

A PCGO vai investigar se as informações repassadas pelo suspeito são verídicas. Porém, até o momento, não há evidências que comprovem as supostas ameaças sofridas pelo idoso. O suspeito foi preso em flagrante por homicídio e ocultação de cadáver.

FONTE : A VOZ DE SANTA QUITÉRIA

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.