Artistas poderão se apresentar em supermercados e farmácias durante lockdown

Artistas poderão se apresentar no interior de supermercados e farmácias do Ceará a partir da próxima segunda-feira, 14. A medida, autorizada pelo Governo do Estado, visa minimizar os efeitos da pandemia nas categorias e exige que todos os protocolos sanitários sejam cumpridos, evitando aglomerações. As apresentações devem ser feitas por meio do sistema de som dos estabelecimentos e podem ser realizadas com até dois profissionais trabalhando simultaneamente.

O secretário executivo de Planejamento e Orçamento da Seplag, Flávio Ataliba, considerou que a decisão pode criar centenas de empregos novos para os trabalhadores do segmento, um dos principais grupos atingidos pelos impactos econômicos da Covid-19. “Eu convoco empresários para que se engajem nessa agenda para construir conosco oportunidades de trabalho para esses profissionais, que estão precisando muito”, ponderou.

Medidas de apoio ao setor de eventos foram sancionadas pelo governador Camilo Santana (PT) no último dia 24. Entre as decisões, ficou determinado um auxílio financeiro de R$ 1.000, dividido em duas parcelas de R$ 500, para dez mil trabalhadores do segmento. Até a manhã desta quarta-feira, mais de 22 mil profissionais haviam se inscrito para receber o auxílio financeiro e mais da metade não deve receber a ajuda.

No ano passado, a aprovação da Lei Aldir Blanc também apoiou financeiramente os artistas. A iniciativa é uma parceria das esferas federal e estadual e previa três parcelas de R$ 600, assim como no auxílio emergencial geral. A lei determina ainda que espaços culturais podem ser contemplados com subsídios para manutenção, com valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.