Auxílio emergencial deve ser prorrogado por mais três meses

O presidenteJair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25), durante transmissão ao vivo nas redes sociais, que o auxílio emergencial deve ser prorrogado em mais três parcelas. “Vamos prorrogar por mais três meses o auxílio emergencial que, a partir de agora, terá uma adequação. Serão R$ 500, R$ 400 e R$ 300 que vamos prorrogar e ainda estamos estudando”, afirmou.

Ainda nesta quinta, o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, anunciou pelo Twitter que o governo pagaria mais três meses do auxílio emergencial, criado para atender os mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. A postagem, no entanto, foi apagada.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, que também participou da live, afirmou que a terceira parcela do auxílio emergencial começará a ser paga a partir desde sábado (27). “No sábado, pagamos mais uma parcela do auxílio emergencial para 60 milhões de brasileiros, que o senhor havia determinado que nenhum brasileiro ficaria para trás no início da pandemia”, disse Guedes.

Fonte: Jovem Pan

- Advertisement -

Deixe uma resposta