Avião da Chape estava sem nehum combustível ao cair, aponta investigação

Os resultados preliminares da investigação sobre a queda do avião com a delegação da Chapecoense apontam que a aeronave estava sem nenhum combustível. As informações foram divulgadas na noite desta quarta-feira, 30, em Medellín, na Colômbia.
De acordo com o secretário de Segurança Aérea da Colômbia, Freddy Bonilla, a constatação da ausência de combustível se deu nas primeiras inspeções dos destroços do avião. Os investigadores trabalham com a hipótese de “pane seca”, quando a falta de combustível faz parar os sistemas elétricos da aeronave.
A imprensa colombiana divulgou nesta quarta a gravação entre um dos pilotos e uma controladora de voo. O piloto pede prioridade para pousar devido à falta de combustível.

A queda do avião matou 71 pessoas entre jogadores, comissão técnica, jornalistas e tripulantes. Seis sobreviveram – três atletas, um jornalista e dois comissários de bordo.

O avião se chocou contra o Cerro Gordo, nos arredores de Medellín, onde o time catarinense disputaria a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Imagens feitas de um helicóptero mostram que o primeiro impacto foi contra o pico da montanha – onde foi achada uma asa – e que depois os destroços da aeronave desceram morro abaixo.

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta