Com sonho de ter carro esportivo, cearense constrói o próprio modelo a partir de carro velho

Um sonho, pouco dinheiro, mas muita vontade de realizar. Essa era a realidade do autônomo cearense Ivan Lima, um apaixonado por carros tunados que resolveu construir o próprio modelo esportivo, a partir de um carro velho.

Morador de Juazeiro do Norte, Ivan já era fã dos filmes “Velozes e Furiosos”, o que despertou a paixão pelos veículos. Há dois anos, ele comprou um modelo Ford Versailles usado, ano 91, por R$ 3 mil e começou a trabalhar. “O carro foi um achado. Ele tava com o teto um pouco destruído por conta de um acidente e o dono queria vender. Foi bom pra ele e pra mim” explicou Ivan.

A foto de um Nissan GTR foi a inspiração para criar o modelo. Como ele não entende de mecânica, passou meses assistindo tutoriais para retirar a carroceria antiga e preparar os moldes em papelão para depois partir para a metalúrgica.

Ivan relembra que, antes de adquirir os materiais, passava horas pensando no que precisava comprar para transformar o carro do jeito que queria. “Eu não podia errar para não desperdiçar material, por conta do dinheiro”, diz.

Todo o processo foi feito na garagem de casa, que ele transformou em uma oficina. O trabalho é todo artesanal, feito à mão com itens da marcenaria e carpintaria, desde os rabiscos dos moldes em papelão até a funilaria da estrutura de aço. Depois de pronto, Ivan batizou o novo possante de “Godzilla da Quebrada”.

O esforço foi acompanhado de perto pela esposa, Andrea, e o filho, Dominique. “O apoio deles foi fundamental. O Dom, quando começou a andar, me ajudou aqui na garagem, e sem Andrea eu não conseguiria finalizar o carro. Muita gente dizia que não ia dar certo, mas ela disse: vai lá e faz”, comenta Ivan.

Depois do carro pronto e pintado, Andrea se surpreendeu com o resultado: “Eu nunca duvidei da capacidade do meu marido, mas ficou muito melhor do que eu imaginava. Eu não esperava, ficou perfeito”.

Além da família, vizinhos também ajudaram. Cada etapa da criação de Ivan foi registrada em vídeos postados nas redes sociais. Thiago Santana é amigo do casal há anos e ajudou como pode. “Queria ajudar, mas não sou mecânico. Aí Ivan disse para eu filmar e deu certo. O carro ficou bonito demais. Todo mundo quer tirar uma foto”, diz.

Quando o veículo sai da garagem, já atrai a curiosidade das pessoas que passam por ele. Em pouco minutos, em uma exposição em uma praça de Juazeiro do Norte, Ivan tem que tirar fotos e explicar como construiu o modelo.

O próximo passo é regularizar o veículo porque do carro anterior Ivan só manteve o Chassi. “Não está licenciado ainda, pois essa parte da documentação só vou correr atrás quando finalizar o motor por completo”, diz.

Fonte: G1 CE

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.