Diretora da Santa Casa de Sobral participa de audiência pública na Câmara Municipal

A diretora interventora da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, Regina Carvalho, participou nesta segunda-feira (12/12), de uma audiência pública na Câmara Municipal para prestar esclarecimentos à população sobre a intervenção da Prefeitura de Sobral e as ações desenvolvidas durante esses dois meses visando atender com qualidade os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Durante a audiência pública, a gestora realizou uma apresentação do diagnóstico situacional que foi realizado na unidade hospitalar. De acordo com a diretora, no momento da intervenção o hospital encontrava-se com equipamentos sucateados e sem manutenção há mais de dois anos, acumulando dívidas com a companhia de energia e banco, além da falta de medicamentos, insumos e insegurança assistencial, a qual os pacientes eram submetidos.

A nova gestão propôs a criação de um plano de ação, no qual as três propostas essenciais e prioritárias para os próximos meses serão a habilitação da traumatologia em alta complexidade, o restabelecimento do serviço de oncologia e o desenvolvimento de uma gestão hospitalar que pratique o controle de custos a partir da análise de indicadores assistenciais. “O principal ator de uma unidade hospitalar é o paciente. É ele que demanda leitos, medicamentos e profissionais. Por isso iremos implementar o cuidado centrado no paciente, no qual há uma integração entre todos os serviços, análise de custos, resolutividade e menos desperdício de recursos. Assim podemos melhorar a jornada do paciente e obter um retorno sustentável”, destacou a diretora interventora, Regina Carvalho.

Na ocasião, a diretora ressaltou a tentativa da elaboração do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para assegurar os direitos trabalhistas dos empregados da Santa Casa e informou que as medidas judiciais foram tomadas para que o décimo terceiro dos funcionários seja pago integralmente.

Participaram também da audiência pública, a secretária da saúde de Sobral, Letícia Reichel; o secretário do planejamento e gestão da Prefeitura de Sobral, Ramon Carvalho; o defensor público do estado do Ceará, Rafael Piaia; e vereadores municipais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.