Facções infiltram advogados e contadores no poder público e em instituições, diz secretário

Na manhã desta quarta-feira, 25, foi efetuada a prisão em flagrante de um advogado, que tentou entrar com bilhetes na Casa de Privação Provisória de Liberdade Agente Elias Alves da Silva (CPPL IV).

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará (SAP), Alaor Patrício Júnior estava com bilhetes contendo mensagens de integrantes de facções criminosas na cueca.

Segundo André Costa, não é o primeiro registro de casos como esses envolvendo advogados. “Eles não ficam incomunicáveis totalmente. Eles tem comunicação com os advogados, com os familiares, porém, é mais difícil a comunicação em relação ao ano passado. Então, isso mostra o endurecimento (do sistema penitenciário). E a população tem reconhecido”, afirma.

Fonte: O Povo

Deixe uma resposta