Família procura cadela que desapareceu de sítio na Serra da Meruoca, no Ceará

Segundo a família, a cadela foi vista pela última vez na localidade de Algodões que pertence a Alcântaras, na Serra de Meruoca, no interior do Ceará.

Uma família esta à procura de uma cadela de dois anos de idade da raça Pastor de Shetland, de nome Lilê, que desapareceu no domingo, dia 2 de junho. Segundo a família, a cadela foi vista pela última vez na localidade de Algodões que pertence a Alcântaras, na Serra de Meruoca, no interior do Ceará.

Os tutores são de Fortaleza, mas estavam no local para passar o feriado, porém após o desaparecimento, decidiram permanecer na localidade para acompanhar as buscas que são realizadas por um grupo de pessoas com apoio dos bombeiros.

“As buscas se iniciaram no domingo de manhã, assim que ela fugiu, a gente viu ela fugindo, ela levou uma carreira de uns cachorros e entrou no mato. E a gente só teve notícia dela na madrugada de segunda pra terça no sítio Bom Jesus, que também fica uns três quilômetros aqui da residência, que foi do lugar que ela fugiu”, detalha a tutora Gladdys Albuquerque.

Recompensa por cadela desaparecida em Meruoca

A família decidiu oferecer uma recompensa de R$ 2 mil para quem souber de alguma informação que possa levar à localização da cadela Lilê.

“A gente está oferecendo a recompensa de dois mil reais para quem trouxer ela, e a gente está com a equipe de buscas e vários amigos aqui estão ajudando, e a gente já conseguiu também o apoio dos bombeiros, então tem uma equipe aqui de Fortaleza ajudando”, completou.

Quem souber de alguma informação que possa indicar o paradeiro ou a localização pode entrar em contato com os números de WhatsApp: 55 85 8726-1420 ou 85 98688-6686.

Fonte: GC Mais

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.