Festival Nacional Mel, Chorinho e Cachaça movimenta a serra da Ibiapaba

Após dois anos de paralisação em virtude da pandemia de COVID-19, o já consolidado Festival Nacional Mel, Chorinho e Cachaça retomou suas atividades, nesta quinta-feira (16), com grande presença de público em diversos pontos da cidade de Viçosa do Ceará, na região da Serra da Ibiapaba. O município foi totalmente preparado para receber turistas de todo o país para experimentarem o clima serrano da cidade e conhecerem mais da cadeia produtiva do mel e da cachaça. São dezenas de produtores expondo seus produtos e mostrando o potencial econômico da região. 

 

“Não temos palavras para descrever o que foi esse primeiro dia de festival. Depois de dois anos sem realizar o evento, a emoção foi e está sendo muito grande. O Festival, além de trazer grandes atrações musicais, tem ficado bastante conhecido pelas oportunidades que tem gerado para a economia local, fortalecendo a produção no município e de regiões vizinhas à cidade de Viçosa do Ceará”,  celebra Fernando Elpídio, diretor do projeto.

 

Segundo Elpídio, a ocupação hoteleira da cidade foi totalmente preenchida, aquecendo a economia local. Com temperatura média de 18o, Viçosa do Ceará é um dos destinos mais procurados por turistas e visitantes. 

 

“Esse festival é um grande impulso para que o produtor produza cada vez mais e melhor, visando o turismo, também. Nossa cadeia produtiva precisa de incentivos como esse para que a nossa economia se fortaleça e se modernize para atender a demanda”, disse Edilberto Carneiro, produtor de frutas há quatro anos na região da Ibiapaba.

 

Roberta Fiuza, Grupo Cordas que Falam e Carlinhos Patriolino são algumas das atrações desta sexta-feira. O encerramento do evento acontece neste sábado com a apresentação inédita do grupo demônios da garoa junto com a cantora Sandra de Sá.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.