Igreja é alvo de ataque e amanhece pichada com suásticas

A tradicional Igreja de São Pedro da Serra, no município de Nova Friburgo (RJ), amanheceu neste domingo pichada com duas suásticas, o símbolo do nazismo.
A capela, que tem 150 anos, é um dos principais pontos de visitação da cidade. Seu muro e uma porta foram alvos do vandalismo durante a madrugada de hoje.
Na última quinta-feira, o presidenciável Fernando Haddad (PT), que enfrenta Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno, fez uma visita à sede da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).
Antes disso, o secretário-geral da entidade, o cardeal Leonardo Steiner, já havia recomendado aos fiéis que escolhessem candidatos comprometidos com a estabilidade democrática.
Na última terça-feira, uma jovem vestindo camiseta com a frase “Ele não” foi atacada em Porto Alegre por grupo de homens. Eles a imobilizaram e entalharam com um canivete uma suástica no seu dorso.
Por todo o País, pichações e mensagens contendo ofensas contra minorias vêm se multiplicando.
De acordo com o Datafolha, Bolsonaro tem 60% da preferência do eleitorado evangélico contra 25% de Haddad.
Capitão reformado, o candidato ganhou apoio de peso de lideranças neopentecostais, como o pastor Silas Malafaia e o bispo Edir Macedo, dono da Rede Recorde.
Entre católicos, Bolsonaro também lidera, mas com vantagem bem mais estreita: 46% a 40%.

- Advertisement -

Deixe uma resposta