Prefeito e vice-prefeito de Pacajus são cassados por nepotismo

O prefeito e vice-prefeito de Pacajus, Bruno Figueiredo (PDT) e  Francisco Fagner (União) respectivamente, tiveram seus mandatos cassados, nesta quinta-feira 21.

De acordo com a Câmara Municipal, ambos praticaram nepotismo.  A chapa teve recebeu 10 votos favoráveis e nenhum contrário pela cassação.

Investigações apontam que os gestores estariam empregando parentes para cargos na prefeitura. Uma sobrinha e a nora do prefeito teriam sido nomeadas durante a gestão. Além delas, duas irmãs e um irmão do vice-prefeito também foram contratados para a Prefeitura.

O vereador e presidente da Casa, vereador Tó da Guiomar (União), foi nomeado como prefeito  logo após a medida. O parlamentar disse que não vai fazer mudanças “drásticas” na gestão e que funcionários serão mantidos.

“Pacajus não vai parar, nenhuma obra vai ser paralisada, quero dizer para os nossos funcionários, tanto efetivo como temporários, que nós não vamos fazer mexidas drásticas, até porque a gente está interinamente. Ainda vai ter uma eleição na Câmara com relação a isso. Quero dar segurança a vocês que o que está acontecendo hoje vai continuar acontecendo, e o que não está vai voltar a acontecer com qualidade”, declarou.

1 comentário
  1. hytrin statin Diz

    Paragraph writing is also a fun, if you be familiar with afterward you can write otherwise
    it is complex to write.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.