Quem não conseguir atualizar cadastro no Caixa Tem pode perder auxílio ou Bolsa Família? Entenda

Desde o dia 14 de março, os usuários do aplicativo Caixa Tem, o que inclui beneficiários do auxílio emergencial e do Bolsa Família, foram orientados pela Caixa a realizar a atualização do cadastro no aplicativo. Esta atualização cadastral está ocorrendo de forma escalonada, obedecendo um calendário, de acordo com a data de aniversário do beneficiário para evitar vários acessos simultâneos. No entanto, nesta terça-feira (16), muitos usuários relatam problemas na hora de responder o questionário.

Diante disso, vale ressaltar: a Caixa Econômica Federal informou que a atualização cadastral não é obrigatória e nem será um impedimento para o recebimento de benefícios, como o auxílio emergencial 2021 e o Bolsa Família.

O processo é apenas uma forma de aumentar a segurança dos usuários e evitar tentativas de fraudes. Portanto, quem não conseguir atualizar o cadastro, continuará recebendo os benefícios a que tem direito.

 

USUÁRIOS RECLAMAM DE ERROS NO CAIXA TEM

Esta não é a primeira vez que usuários reclamam do acesso ao aplicativo Caixa Tem. No dia 1º de março, segundo o site Downtetector, milhares de usuários reportaram problemas ao tentar acessar os serviços online do banco. O problema perdurou por uma semana e muitos clientes sequer conseguiram entrar na conta ou fazer pagamentos e transferências.

Quanto à atualização cadastral, os usuários reclamam que, durante o preenchimento do formulário, uma tela branca aparece e pop-up alerta que as informações não foram carregadas.

 

 

 

VEJA O PASSO A PASSO PARA ATUALIZAR O CADASTRO NO CAIXA TEM

 

 

VEJA O CALENDÁRIO PARA ATUALIZAÇÃO DOS DADOS

A PARTIR DE:

  • 14 de março: nascidos em janeiro
  • 16 de março: nascidos em fevereiro
  • 18 de março: nascidos em março
  • 20 de março: nascidos em abril
  • 22 de março: nascidos em maio
  • 23 de março: nascidos em junho
  • 24 de março: nascidos em julho
  • 25 de março: nascidos em agosto
  • 26 de março: nascidos em setembro
  • 29 de março: nascidos em outubro
  • 30 de março: nascidos em novembro
  • 31 de março: nascidos em dezembro

COMO FAZER A ATUALIZAÇÃO

A atualização pode ser feita inteiramente pelo celular, não sendo necessário que o beneficiário se desloque até uma agência do banco. Ele deve acessar o aplicativo e seguir as orientações, clicando em “Atualize seu cadastro”. Ao clicar, a Caixa pede foto do beneficiário e documentos pessoais.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS

  • CNH ou RG
  • Comprovante de residência
  • Foto do beneficiário com um dos documentos

GOLPES 

Em 2020, a liberação de benefícios como o auxílio e o FGTS emergencial foi marcada pela atuação de criminosos. Os golpes geralmente aconteciam antes mesmo de o beneficiário acessar a sua poupança social digital, criada automaticamente pela Caixa no nome de milhões de brasileiros.

Por isso, a Caixa explica que esse procedimento de atualização cadastral deve garantir uma segurança a mais e evitar novos golpes, além de verificar quais pessoas que receberam o benefício em 2020 perderam direito aos pagamentos nessa nova rodada.

Deixe uma resposta