Romário reforça apoio a Bolsonaro: “Antes dele, nosso país estava uma merda”

O ex-jogador e atual senador do Rio de Janeiro, Romário (PL-RJ), declarou que ainda apoia o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Em entrevista ao canal “Cara a Tapa”, no YouTube, ele disse que o “país estava uma merda anos atrás”. Além disso, ele destacou que o chefe de Estado trouxe seriedade ao cargo.

“Eu faço parte de um partido que, hoje, é Bolsonaro. Eu acho que o Bolsonaro é um presidente que tem feito coisas positivas para o nosso país. Erra em alguns momentos, principalmente com a pandemia. Deixou de ter algumas ações, falou algumas coisas que poderia não ter falado. Eu convivi com o Bolsonaro quatro anos e ele é um cara muito sério. Tem coragem e não tem medo de se posicionar. Ele trouxe isso para a presidência. Antes de Bolsonaro, nosso país estava uma m… do c… “Hoje (contra o Lula)? (Votaria no) Bolsonaro”, disse o senador.

Romário revelou ainda que recebeu ofertas para participar de esquemas de corrupção. Por outro lado, o ex-jogador disse que como não teve intenção de cometer as infrações, foi “descartado” pelas organizações criminosas.

“No meu primeiro ano chegaram algumas coisas, mas depois você é o que demonstra ser no começo. Minha linha sempre vai ser uma e as pessoas entenderam. Me posicionei de um lado e depois acabou”, completou o ex-jogador.

O POVO

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.