Sindicato de mototaxistas promove capacitação para melhorar serviços oferecidos à sociedade

Um dos meios de transporte coletivo mais utilizados pela população de Sobral, o mototáxi caiu no gosto do povo pela agilidade nas viagens. São 753 profissionais mototaxistas atuando nas ruas da cidade. No entanto, uma demanda do público é que a qualidade dos serviços oferecidos possa melhorar. Atento a isso, o Sindicato dos Mototaxistas promoveu o lançamento do Programa “Mototáxi – Uma nova forma de servir” nos dias 24 e 25 de agosto, no auditório da Casa da Memória e da Cidadania, sede da ONG Construtores da Paz no Sumaré. A partir do lançamento do programa, a categoria de mototaxistas também irá apresentar à Prefeitura de Sobral uma pauta de reivindicações no dia 11 de setembro.

Entre as pautas com a prefeitura, estão a readequação da tabela da categoria, a criação de um meio de comunicação viável para os usuários de mototáxi, mudança na validade do uso da moto de 4 para 5 anos, demarcação e criação de pontos para mototaxistas com cobertura e bancos, além da troca de batas periodicamente (uma a cada ano), dentre outras reivindicações. “A partir do lançamento desse programa foi marcado um encontro com o prefeito para que ele pudesse conhecer as novas metas do sindicato para apoio não só institucional, mas financeiro para que que todos os 753 mototaxistas possam ter o mesmo direito de fazer uma capacitação ou simplesmente uma reciclagem das relações humanas”, ressalta a coordenadora administrativa da ONG Construtores da Paz, Janilda de Lima Coelho.

O programa “Mototáxi – Uma nova forma de servir” tem como objetivo melhorar o serviço oferecido à sociedade e promover desenvolvimento pessoal e profissional para a categoria. “Acreditamos que trabalhando na capacitação, fazendo investimento no desenvolvimento pessoal e profissional da categoria, não só o profissional vai ganhar, melhorando suas metas individuais, mas a sociedade quando receber um serviço mais qualificado com mais seriedade, profissionalismo e principalmente com honestidade”, explica Janilda.

 

Melhoria da Imagem

Janilda de Lima destacou que os mototaxistas de Sobral têm a consciência de que uma imagem negativa foi criada em virtude de alguns poucos profissionais que cometeram atos de indisciplina e desonestidade ao longo da história. “Uma pequena parte, como em qualquer categoria, acaba cometendo erros que vão ferindo a imagem de todos os profissionais. Com isso, os mototaxistas com a iniciativa do Sindicato criaram o programa ‘Uma nova forma de servir’ para melhorar a imagem do mototaxista que é pai de família, responsável, religioso”, ressalta.

A primeira oficina com o tema “Construindo uma boa gestão” contempla em especial os membros diretores. Foram 18 participantes. A programação contou com palestras dinâmicas e participação do fundador da ONG Construtores da Paz, Pe. João Batista Frota, e do psicólogo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Paulo Roberto.

A vice-presidente da ONG Construtores da Paz, Janete Coelho, ressaltou a importância de construir uma nova imagem para os profissionais mototaxistas de Sobral. Os certificados do curso foram entregues pelo Pároco da Paróquia de São José (Sumaré) e diretor do Jornal Correio da Semana, Pe. Lucas do Nascimento Moreira.

 Programa “Mototáxi – Uma nova forma de servir” deve beneficiar toda a categoria e a população sobralense

Jonas Deison

Somos um portal de notícias focado na cidade de Sobral, Ceará. Prezamos sempre pela notícia verdadeira e sem conteúdo apelativo. Contato: (88) 99222-3363 | (88) 99632-4226 Administrador: Jonas Deison

Deixe uma resposta