SSPDS deflagra operação “Sentinela” e prende seis homens por crimes de estupros no Ceará

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por meio da Coordenadoria de Planejamento Operacional (Copol), e de seus órgãos vinculados – Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) e Polícia Militar do Ceará (PMCE) – deflagrou, nessa quinta-feira (13), a operação “Sentinela”. As ações integradas, que ocorrem em todo o Estado, visam prevenir e reprimir crimes de abuso, de exploração sexual e outros crimes contra crianças e adolescentes. Ao todo, seis homens foram presos por envolvimento nos crimes entre essa quinta-feira (13) e a manhã desta sexta-feira (14).

Durante as ofensivas em Fortaleza, um fonoaudiólogo, de 62 anos, foi preso por força de mandado de prisão definitiva. O idoso é condenado por um crime de estupro de vulnerável ocorrido contra uma criança com Síndrome de Down, de cinco anos, no bairro de Fátima – Área Integrada de Segurança 5 (AIS 5) de Fortaleza, no ano de 2008.

Apurações apontaram que o indivíduo, que exercia a profissão de fonoaudiólogo, aproveitou a proximidade com a vítima para cometer os abusos. Ele também é investigado por um outro crime ocorrido em 2007, contra um adolescente de 17 anos também com síndrome de Down. Ele foi localizado no bairro São Gerardo, após trocas de informações entre equipes da Copol e do Núcleo Operacional do Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC) da PC-CE.

Agora, o indivíduo encontra-se à disposição da Justiça para cumprir a pena de nove anos em regime fechado. Ainda durante as ações de ontem (13), na Capital, outros dois mandados de prisão em desfavor de um idoso de 70 anos e um homem de 44 anos, ambos investigados por crimes de estupros foram cumpridos. As capturas ocorreram nos bairros Antônio Bezerra e Maraponga, na Capital.

Interior

Dando continuidade às ações de combate à criminalidade contra crianças e adolescentes, outros dois indivíduos, com idades de 41 e 43 anos, que também são investigados por crimes ocorridos contra familiares, também foram presos. Uma das vítimas, de 15 anos, foi abusada pelo próprio tio, o investigado de 43 anos, na cidade de Cruz, no interior do Estado. O fato foi noticiado após ela informar sobre o abuso a uma professora. Já a outra captura foi realizada por equipes da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sobral. O investigado cometeu os crimes de estupro de vulnerável e estupro qualificado contra as próprias filhas, com idades de 19 e 21 anos. As vítimas sofreram abusos durante a infância e adolescência.

Outra prisão

Já na manhã desta sexta-feira (14), equipes das Delegacias Municipais de Aracoiaba e Ocara, com apoio da Copol, deram cumprimento a um mandado de prisão condenatória em desfavor de um indivíduo de 52 anos, condenado a oito anos de prisão por um crime de estupro contra uma criança de sete anos de idade. O fato ocorreu em 2015, em um condomínio de luxo no Eusébio. Já o capturado foi localizado na cidade de Capistrano.

Operação Sentinela

A iniciativa foi deflagrada em alusão ao aniversário do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) que completou, nessa quinta-feira (13), 33 anos de criação. O ECA é um instrumento legal que garante às crianças e adolescentes uma gama de direitos, sejam eles a vida, saúde, educação, alimentação, segurança e proteção.

Os trabalhos policiais visam coibir crimes de abuso e de exploração sexual e outros crimes contra crianças e adolescentes. As ações integradas seguem com o intuito de identificar e prender pessoas envolvidas nesses crimes, além de checar denúncias e realizar ações educativas em escolas públicas e privadas.

*As identidades dos capturados não serão divulgadas visando preservar as vítimas. 

Fonte: ASCOM/SSPDS

 

1 comentário
  1. Hi there! I could have sworn I’ve been to this site before but after
    browsing through a few of the posts I realized it’s new to me.

    Anyways, I’m certainly pleased I found it and I’ll be bookmarking
    it and checking back regularly!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.